Fortinet aumenta a sua receita em 30% face ao ano anterior impulsionada pela sua proposta tecnológica Security Fabric


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Fortinet tornou públicos os seus resultados financeiros correspondentes ao segundo trimestre que finalizou a 30 de junho de 2016.

“Estamos muito satisfeitos por ter obtido receitas e uma faturação acima do que estava previsto e por ter sido capazes de alcançar as metas que estabelecemos em termos de custos e rentabilidade, mantendo o nosso nível de investimento para continuar a crescer”, disse Ken Xie fundador, presidente e CEO da Fortinet. “O panorama de ameaças e as arquiteturas de rede estão a evoluir e impulsionam a adoção de plataformas integradas end-to-end, uma visão sempre defendida pela Fortinet. A nossa aposta na inovação e a nossa capacidade de oferecer uma arquitetura Security Fabric, inteligente e integrada que protege todos os pontos da rede – desde a IoT à cloud – coloca-nos numa posição privilegiada para continuar a crescer.”

Resultados financeiros segundo trimestre 2016

• Receitas: No segundo trimestre de 2016, as Receitas ascenderam os 311,4 milhões de dólares, 30% mais comparativamente com os 239,8 milhões de dólares obtidos no mesmo período de 2015. Dentro das Receitas totais, o procedente de produto foi de 136,6 milhões de dólares, um aumento de 19% comparado com os 114,8 milhões de dólares do mesmo trimestre de 2015. As Receitas procedentes de serviços foram de 174,8 milhões de dólares, o que pressupõe mais 40%, relativamente aos 125 milhões alcançados no mesmo período de 2015.

• Faturação: a faturação total foi de 373,8 milhões de dólares no segundo trimestre de 2016, o que pressupõe um aumento de 26% em comparação com os 297,2 milhões de dólares obtidos no mesmo trimestre de 2015.

• Efetivo e fluxo de caixa: A 30 de junho de 2016, o efetivo, o equivalente de efetivo e os investimentos foram de 1.220 milhões de dólares, comparados com os 1.190 milhões de dólares registados a 31 de março de 2016. No segundo trimestre de 2016, o fluxo de caixa procedente de operações foi de 67,9 milhões de dólares comparado com os 84,3 milhões de dólares no mesmo trimestre de 2015. O fluxo de efetivo livre foi de 53,5 milhões de dólares durante o segundo trimestre de 2016 comparando com os 73,5 milhões de dólares do mesmo trimestre de 2015.

• Receitas líquidas não-GAAP e Receitas líquidas diluídas por ação: As Receitas líquidas não-GAAP foram de 24 milhões de dólares no segundo trimestre de 2016, comparando com as Receitas líquidas não-GAAP de 19,4 milhões de dólares obtidas no mesmo período de 2015. As Receitas líquidas diluídas não-GAAP foram de 0,14 dólares por ação no segundo trimestre de 2016, em comparação com os 0,11 dólares do mesmo trimestre de 2015.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *