Formação: Formandos do CINEL estagiam empresas europeias


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

No quadro do projeto de internacionalização do Centro de Formação Profissional da Indústria Electrónica, Energia, Telecomunicações e Tecnologias da Informação, (CINEL), a Agência Nacional Erasmus + Educação e Formação aprovou dois projetos de mobilidade, um deles dirigido a formandos  (Formação Profissional) o outro a formadores (Formação e educação de Adultos).

Na vertente Formação Profissional, o programa concretiza-se em dois fluxos de mobilidade dirigidos a jovens dos cursos de aprendizagem para realizarem estágios em contexto real de trabalho em empresas europeias.

Com a duração de um mês, os estágios acontecem em Rezeszow ( Polónia) de 03/04/2016 a 04/05/2016 – 15 Formandos oriundos do CINEL Lisboa e em Bitonto (Itália) de 10/04/2016 a 11/05/2016 – 14 Formandos oriundos do CINEL Porto.

Ao promover este programa o CINEL tem como objetivo proporcionar aos participantes a troca de experiências, o contato com outras culturas vivenciando novos contextos de formação/trabalho, promover os valores da cidadania europeia e desenvolver as competências sociais, linguísticas e empreendedoras.

Por esta razão, nos programas destas mobilidades estão incluídas 20 horas de formação estruturada como preparação para os estágios em empresas da zona e na área de Electrónica e Automação, visitas de estudo a empresas desta área e visitas culturais e históricas como por exemplo uma visita a Auschwitz (Polónia) e a Alberobello (Ba), Puglia (Itália).

A candidatura referente à vertente Formação de Adultos, é dirigida a sete formadores com o objetivo de realizar formação em áreas tecnológicas em standards internacionais (microssoldadura – IPC; Domótica – KNXe Hawei) que permitem ao CINEL a obtenção de competências técnicas e certificações internacionais fundamentais para a sua modernização e disseminação de novas tecnologias junto de formandos e trabalhadores de empresas. Os países de destino previstos para a realização destes fluxos são Inglaterra, Espanha e Polónia.

O primeiro fluxo realizou-se em Outubro do ano passado em Inglaterra e os restantes, realizar-se-ão no 1º semestre de 2016.

Com início em 1985, o CINEL é uma instituição de formação criada por protocolo entre o IEFP,IP e a Associação das Empresas do Sector Eléctrico e Electrónico (ANIMEE) que forma e certifica profissionais nos domínios da Eletrónica, Energia, Telecomunicações e Tecnologias da Informação. É também entidade parceira da European Project Development (EPD), da Euroyouth e da Casa de Educação.

 Com uma média anual de cerca de dois mil formandos, o Centro possui 22 laboratórios equipados com a mais moderna tecnologia e está certificado pela APCER, pela ANACOM, pela Microsoft Academic Training Provider, pela CISCO e em Domótica em Tecnologia KNX (EIB) e em Microssoldadura SMD e BGA.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *