Connect with us

Leak Business

Ericsson abre Centro Global de TIC de 20 mil metros quadrados na Suécia para impulsionar inovação

Patricia Fonseca

Publicado a

A Ericsson acaba de inaugurar oficialmente o seu Centro Global de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) em Rosersberg, Suécia. Este centro altamente escalável e sustentável reflete o contínuo compromisso da empresa para com o investimento em I&D tanto na Suécia como a nível global. O centro representa ainda um importante passo na atual viagem de transformação TIC da empresa.

O edifício em Rosersberg, que cobre mais de 20.000 metros quadrados, é o primeiro Centro Global de TIC da Ericsson construído expressamente a ser inaugurado na Suécia. Esta inauguração segue-se à abertura do Centro Global de TIC em Linköping, na Suécia, em setembro de 2014, umas instalações adjacentes a outros edifícios da Ericsson. Além das duas instalações na Suécia, a Ericsson vai ainda abrir um Centro Global de TIC em Montreal, Canadá, no segundo trimestre de 2016.

Os Centros Globais de TIC permitem que a Ericsson emule uma rede móvel de um operador e teste novas soluções como se estivessem a ser executadas numa rede real. Num futuro próximo, os clientes da Ericsson poderão ligar-se remotamente para efetuarem testes de interoperabilidade, para terem um acesso antecipado às inovações disponibilizadas em novas soluções, estejam esses clientes onde estiverem. Estes serviços serão disponibilizados através de 10 Business-Near Centers, que serão anunciados em 2016, e que estarão ligados aos Centros Globais de TIC.

Estes Centros Globais de TIC vão ser alicerçados nas soluções de cloud da Ericsson e irão contar com um generoso conjunto de ofertas presentes no portfólio de produtos da empresa. Como resultado deste abrangente esforço de racionalização e virtualização, a Ericsson será capaz de encurtar os ciclos de inovação e aumentar a colaboração global, reduzindo ao mesmo tempo os custos com I&D. Atualmente, os ambientes de testes da empresa estão presentes em mais de 50 locais espalhados por todo o mundo.

Os Centros Globais de TIC são um importante passo em frente no sentido de atingir os objetivos de sustentabilidade da empresa. O design inovador dos centros, combinado com a sua construção modular e escalável, assegura uma eficiente utilização de energia e de espaço. A Ericsson estima que – uma vez que estejam os três Centros Globais de TIC em funcionamento – se verifique uma redução de 40% em consumo energético quando comparado com o resultado dos testes de 2012.

Anders Lindblad, Diretor da Business Unit Cloud and IP na Ericsson, refere: “Com a inauguração do nosso segundo Centro Global de TIC, a visão da Ericsson de uma Sociedade em Rede está cada vez mais próxima. Ao disponibilizarmos os esforços de I&D de forma transversal nos nossos Centros Globais de TIC, assentes nas nossas plataformas cloud, vamos assegurar novos serviços e inovações capazes de criar benefícios reais para as pessoas, as empresas e a sociedade.

O ritmo da viagem de transformação de TIC da nossa empresa está a aumentar, e os Centros Globais de TIC vão possibilitar a colaboração 24/7 e garantir que podemos beneficiar das nossas competências globais e disponibilizá-las numa escala global. Ao mesmo tempo, com a explosão do tráfego de dados, podemos disponibilizar a liderança da Ericsson em tecnologia e serviços aos nossos clientes mais rapidamente que nunca”.

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Últimas Notícias

Notícias1 dia atrás

QNAP lança novas placas PCIe QM2 para NAS

A QNAP expandiu o catálogo das placas de expansão PCIe QM2 com novos modelos que suportam até quatro ranhuras para SSDs M.2....

Notícias1 dia atrás

Altran quer atrair engenheiros de software internacionais para Portugal

A Altran lança a campanha “ROAD TO PORTUGAL” com o objectivo de atrair e contratar profissionais estrangeiros, como resposta à...

Notícias2 dias atrás

Fujitsu e IDC desenvolvem plataforma digital gratuita de avaliação da maturidade da Hybrid Cloud

A IDC Portugal e a Fujitsu anunciaram a disponibilidade no mercado nacional do Hybrid Cloud Management MaturityScape. Esta ‘framework’, desenvolvida...

Eventos3 dias atrás

Landing.jobs vai reunir as melhores empresas de tecnologia

No dia 7 de Junho, às 19h, vai decorrer no Porto, o Landing.Porto, um evento organizado pela Landing.jobs, que vai...

Notícias3 dias atrás

HMD Global angaria 100 milhões de dólares rumo ao crescimento

A HMD Global angariou 100 milhões de dólares de vários investidores para ampliar as suas operações comerciais e financiar o...

Notícias4 dias atrás

Mastercard quer impulsionar o crescimento das fintechs

A Mastercard anunciou um reforço do investimento na Europa com o lançamento da Accelerate, uma nova iniciativa destinada a impulsionar...

Startups4 dias atrás

Startup FINIAM quer mudar a relação entre clientes e os bancos

A FINIAM foi a entidade escolhida pela Payshop para criar uma nova dimensão nesta marca prestadora de serviços de pagamento....

Especiais4 dias atrás

Inteligência Artificial não está de boa saúde na Europa

As enormes vantagens da Inteligência Artificial (IA) para as empresas estão a ser travadas na Europa por uma falta de...