Commvault anuncia suporte para Red Hat Virtualization 4


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Commvault anuncia o suporte para a plataforma de virtualização Red Hat Virtualization 4 com máquinas virtuais baseadas em Kernel. Através desta integração, os clientes podem implementar uma estratégia de proteção de dados unificada para workloads que operem sobre Red Hat Virtualization 4 com o objetivo de conseguir um ambiente centralizado na cloud, com melhor proteção dos dados de servidores virtuais e maior possibilidade de restauro a nível do arquivo, graças ao software de nova geração da Commvault.

Red Hat Virtualization 4, o último lançamento da Red Hat, fornecedor líder de soluções open source, ajuda a limitar custos e complexidades crescentes das soluções de virtualização proprietárias, ao proporcionar uma plataforma de gestão centralizada mais segura, totalmente aberta e com maior rendimento, tanto para workloads Linux como Windows. Construída sobre Red Hat Enterprise Linux, Red Hat Virtualization 4 foi concebida para se integrar de forma mais simples nos atuais entornos de TI, ao mesmo tempo que proporciona uma base para implementações tecnológicas emergentes, que inclui aplicações contentorizadas ou nascidas na cloud.

Com a nova integração e suporte para Red Hat Virtualization 4 da Commvault, que já oferecia esta funcionalidade para Red Hat Virtualization 3.6, os clientes obtêm uma maior flexibilidade na gestão dos seus dados e workloads em infraestruturas cloud, virtuais ou tradicionais. Através da Commvault Data Platform, os utilizadores – com uma única solução – podem proteger melhor os seus dados e workloads numa das gamas de hipervisores mais ampla da indústria, que inclui Red Hat Virtualization, VMware, Microsoft Hyper-V, Citrix Xen, e Nutanix Acropolis Hypervisor (AHV). Além disso, melhora-se a proteção destes workloads à medida que se migre dos hipervisores para fornecedores de nuvem pública, como Microsoft Azure ou Amazon AWS.

“Estamos entusiasmados com o lançamento do Red Hat Virtualization 4 com uma maior proteção de dados virtuais e possibilidade de restauro a nível de arquivo com a Commvault”, sublinha Scott Herold, diretor de produto da Unidade de Virtualização da Red Hat Inc. “Através da nossa integração com a Commvault, os clientes podem adotar estratégias de proteção de workloads virtuais que lhes proporcionem maior flexibilidade e escalabilidade, com o objetivo de aumentar a fluidez no ambiente empresarial atual, altamente disruptivo e acelerado”.

Na conferência de clientes inaugural da Commvault, Commvault GO 2016, que se celebrará de 3 a 5 de outubro em Orlando, Florida (EUA), a Red Hat, patrocinador do evento, irá sublinhar os benefícios do Red Hat Virtualization e os seus recentes desenvolvimentos com o OpenStack.

“As empresas modernas estão a adotar estratégias de virtualização de código aberto que oferecem às suas equipas mais vantagens e liberdade na personalização de workloads, ao mesmo tempo que maximizam os seus investimentos em hardware para operar workloads de forma mais eficiente”, afirma Brian Allison, vice-presidente de Alianças Globais da Commvault. “Com o nosso suporte ao Red Hat Virtualization, ampliamos a colaboração com um líder na indústria em soluções open source, com o objetivo de proporcionar às empresas uma infraestrutura mais eficiente, dando-lhes maior proteção para os dados de servidores virtuais e possibilidade de restauro a nível de arquivo com o nosso premiado software”.

O suporte da Commvault a Red Hat Virtualization inclui as seguintes funções e benefícios:

• Integra-se com Red Hat Virtualization Manager e utiliza APIs nativas para realizar todas as funções necessárias.
• Oferece a possibilidade de realizar backups de imagem de máquinas virtuais sem interromper os workloads em funcionamento.
• As operações de proteção são realizadas de acordo com políticas. Aproveita um mecanismo de autodescobrimento que mapeia de forma inteligente as VMs adequadas à política correta.
• As operações de proteção distribuem de forma automática e dinâmica a carga através dos hosts KVM. Os proxies de backup (que são VMs em si mesmos) podem escalar de forma simples à medida das necessidades e, como grupo, são capazes de colocar os fluxos de dados para processar as VMs de forma mais eficiente.
• A deduplicação na origem permite reduzir a transferência de dados para a biblioteca de backup da Commvault, o que ajuda a acelerar o processo de cópia de segurança e reduzir tanto o impacto na rede como o espaço requerido para as cópias de dados de backup de máquinas virtuais e que, por sua vez, podem ser armazenadas em disco, fita ou numa biblioteca na nuvem.
• A metodologia da Commvault para a proteção das máquinas virtuais sem paragens facilita a implementação e escalabilidade horizontal, enquanto a gestão é feita de uma forma central através de uma única consola operativa.
• Não há limites explícitos para o tamanho dos backups, número de máquinas virtuais ou de máquinas virtuais que possam ser suportadas.

Red Hat Virtualization 4 está disponível como oferta independente, integrada no Red Hat Enterprise Linux e como parte da solução completa Red Hat Cloud Suite. Os subscritores atuais podem fazer a atualização para a versão 4 do Red Hat Virtualization através do portal para clientes da Red Hat. O suporte da Commvault para Red Hat Virtualization 3.6 já está disponível. O suporte para a versão 4 está planificado para este trimestre.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *