Colômbia recebe Soluções de Gestão de Tesouraria da Zarph


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

Na sequência da parceria de negócio estabelecida com o ProCredit Bank, a Zarph acaba de implementar uma solução de gestão de tesouraria na filial da instituição bancária na Colômbia.

Depois do Equador, a expansão da empresa tecnológica portuguesa continua na América do Sul, agora com a colocação do equipamento de depósitos de notas TD 412, uma solução customizada que gere a informação em tempo real, de acordo com o processo interno do banco alemão.

Em simultâneo, foi também instalado um equipamento para depósito e gestão de moedas TD 403, que permite ao cliente final realizar estas operações 24 horas por dia sem necessitar de se dirigir aos balcões do banco.

Os equipamentos de gestão de tesouraria desenvolvidos pela Zarph promovem a automatização do processo de gestão de numerário, através de uma plataforma web criada para ligar e sintonizar organizações dos mais diversos setores de atividade, empresa de transporte de valor e instituições bancárias, o que resulta numa melhoria concreta do desempenho operacional de todo o processo.

Segundo Pedro Mourato Gordo, CEO da Zarph, “a colocação dos nossos equipamentos numa agência do ProCredit Bank na Colômbia dá continuidade à consolidação da parceria estabelecida com o banco alemão, cimentando a eficácia das nossas soluções, sobretudo num mercado com grande potencial. Este é mais um desafio ao nosso trabalho e crescimento, que em breve irá conhecer novos desenvolvimentos nesta região do globo, e não só.”

A Colômbia torna-se, assim, no sexto mercado de exportação para a Zarph, no âmbito da parceria estabelecida com o ProCredit Bank, depois de Bulgária, Grécia, Equador, Kosovo e Macedónia.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *