22892 0

CESCE SI aumenta a Segurança e promete melhorar a autenticação do utilizador com novas funções

A CESCE SI anunciou que a Entrust Datacard lançou a versão 11.0 de Entrust IdentityGuard, que traz funções melhoradas para os clientes que estão a enfrentar novos desafios, numa altura em que as aplicações digitais, aplicações para cloud e aplicações móveis estão a transformar as empresas. O upgrade mais recente da plataforma Entrust Datacard oferece o maior leque de autenticadores e tecnologias inteligentes para permitir identidades fidedignas e transações seguras.

Através da autenticação adaptável agora melhorada, a versão 11.0 de Entrust IdentityGuard permite às organizações gerir e implementar uma gama completa de funções exclusivas, fornecer acesso seguro às atuais principais plataformas online, plataformas de cloud e plataformas móveis, e permitir uma experiência gratificante para consumidores, cidadãos e empresas.

“A transformação para o digital mostrou o seu valor no local de trabalho e no setor financeiro – e as oportunidades futuras oferecem grandes melhorias baseados na mobilidade”, disse Russell St. John, vice-presidente sénior de marketing global da Entrust Datacard. “Mas, à medida que cada vez mais serviços se tornam digitais, tornam-se também alvos muito interessantes para os criminosos. É por isso que a Entrust Datacard procura, constantemente, melhorar a sua premiada plataforma de autenticação, para poder responder às exigências do mercado, oferecer maior segurança no combate às crescentes ameaças que a gestão de identidades enfrenta, e assegurar uma maior facilidade de utilização para os nossos clientes”.

Esta nova versão de Entrust IdentityGuard introduz também novas opções para a assinatura de transações, para que a banca online possa combater a fraude com cartão não presente (CNP). Com estas novas melhorias, as organizações podem implementar uma variedade de métodos, incluindo soluções móveis que permitem a assinatura de transações com apenas um clique, o que aumenta a satisfação do cliente e constrói confiança. Os utilizadores podem também beneficiar da função de reconhecimento de impressões digitais, em vez de utilizar um PIN, para desbloquear aplicações no telefone e autenticar funções de segurança.

“À medida que a tecnologia continua a evoluir, as plataformas de autenticação têm de ser concebidas a pensar no futuro”, acrescentou St. John. “Tal como os setores financeiro, governamental e empresarial estão a evoluir, as nossas soluções estão também a evoluir para permitir segurança e confiança nestes ecossistemas. Estamos confiantes que ao versão 11.0 de Entrust IdentityGuard é a principal solução para responder não só às necessidades de segurança de hoje, como também às necessidades de segurança de amanhã – criando uma solução sem atritos e altamente segura para permitir identidades fidedignas”.

“À medida que cada vez mais organizações confiam e dependem das soluções de autenticação forte e de deteção de fraude, e o facto das soluções inovadoras de segurança da Entrust Datacard™ serem premiadas, ano após ano, faz com que este parceiro tão reconhecido na sua área de atuação mantenha o seu estatuto de parceria de eleição e de total confiança da CESCE SI, sendo prova disso as várias soluções já implementadas por nós em algumas das principais organizações em Portugal“, disse Pedro Vieira, Diretor de Desenvolvimento de Negócio da CESCE SI.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Estudo revela que os Líderes empresariais mundiais consideram crítico o apoio institucional ao investimento privado na transição para uma economia de baixo carbono

A maioria dos líderes empresariais mundiais encara as iniciativas com vista a uma economia de baixo carbono como uma oportunidade de crescimento e de inovação, que será essencial

EMC Portugal terminou o ano de 2015 com um crescimento de um dígito na sua faturação

A EMC Portugal terminou o ano de 2015 com um crescimento de um dígito na sua faturação. Apesar da retração em alguns sectores no mercado português, devido à

Indra alcança 78M€ de lucro líquido nos primeiros 9 meses de 2014

Nos primeiros nove meses de 2014, a evolução da atividade da Indra ficou marcada pelo início da recuperação do negócio no mercado espanhol (+2% no terceiro trimestre, pela

Sonae internacionaliza desafios de inovação

A  Sonae  inicia  hoje,  em  Espanha,  a  sua  primeira  maratona  de  inovação  fora  de  Portugal, envolvendo  cerca  de  uma  centena  de  estudantes  universitários  naquele  país.  O  evento designado

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *