20079 0

Altitude Explica como Aumentar as Vendas no Contact Center

Os contact centers estão a demorar demasiado tempo a aplicar as mesmas disciplinas de gestão a todos os canais e a ter os indicadores de desempenho alinhados em todos os níveis da organização. Um estudo recente mostra que falta uma avaliação da qualidade nos novos canais digitais (49,6% contra 89% existentes no canal de voz), e que, embora a maioria dos decisores apontem a resolução do contacto como o principal indicador do desempenho operacional no contact center, a produtividade é considerada a principal métrica para a performance dos agentes.

À medida que a transformação digital prossegue nas empresas, as interações nos novos canais digitais estão destinadas a predominar, devendo a experiência do cliente ser cada vez mais reconhecida como um diferenciador claro. No entanto, os contact centers continuam a falhar na sua missão de preencher a lacuna existente entre os serviços prestados e as expectativas dos clientes.

Foi com esta realidade em mente que a Altitude Software decidiu lançar o novo guia “Three Steps to Boost Your Sales at The Contact Center”. O novo eBook mostra a importância de alinhar pessoas, ferramentas e indicadores de desempenho para assegurar o êxito das campanhas comerciais dos contact centers. Este guia explora os três elementos principais que devem ser tidos em conta e aponta diretrizes sobre:

  • Como dar mais poder aos agentes
  • Como adotar a automatização
  • Como aplicar métricas chave

“Ao mesmo tempo que devem considerar todas as variáveis, os decisores dos contact centers devem igualmente perceber que os seus principais objetivos são o aumento das vendas e a oferta aos seus clientes da melhor experiencia possível. Dar mais poder aos agentes, automatizar tarefas e monitorizar com atenção a performance do contact center acabará por se traduzir em resultados positivos e níveis de eficiência contínuos na empresa”, pode ler-se no documento.

Com 12 escritórios em quatro continentes e uma potente rede de parceiros, a Altitude Software tira o máximo partido dos investimentos existentes em tecnologia nas empresas, adicionando valor sem perturbação do serviço na maioria das situações e com um reduzido custo total de propriedade. Com 22 anos de atividade, a Altitude Software é um polo de competências no sector das tecnologias de informação, que contribui para o reconhecimento internacional de inovação Made In Portugal. Mais de 1.100 empresas em 80 países de todo o mundo utilizam 300.000 licenças da solução Altitude uCI, uma suite de software robusta e modular que agrupa todas as interações com o consumidor e unifica os pontos de contacto numa solução aberta, baseada em standards e compatível com todas as plataformas.


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Check Point anuncia resultados do terceiro trimestre de 2013

A Check Point anunciou os resultados financeiros do terceiro trimestre de 2013, terminado a 30 de Setembro. Faturação: 344,1 milhões de dólares, o que representa um crescimento homólogo de

Ericsson vai adquirir NodePrime reforçando a sua presença em Silicon Valley

A Ericsson acaba de anunciar a sua intenção em investir na NodePrime para adquirir 100 por cento das operações e talentos desta empresa sediada em São Francisco. A

Arrow Portugal Reforça Aposta na Oferta de Virtualização

A Arrow ECS Portugal reforça a sua oferta de Virtualização dos dois novos players recentemente anunciados Veeam e VMware, com a aposta na Veeam Availability Suite e Veeam

Siemens renova edifícios do Carnegie Hall com tecnologia de ponta

Na baixa de Manhattan, no centro de Nova Iorque, erguem-se alguns dos edifícios mais famosos do mundo: o Empire State Building, o Chrysler Building, a Grand Central Station,

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *