7.ª edição do Concurso Acredita Portugal com mais de 500 mil euros em prémios


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

Estão abertas as candidaturas à 7.ª edição do concurso de empreendedorismo da Acredita Portugal, o maior a nível nacional e o segundo a nível mundial. As candidaturas podem ser submetidas online, de forma gratuita, até ao dia 15 de janeiro de 2017. A concurso estão mais de 500 mil euros em prémios.

O concurso, promovido pela Acredita Portugal, tem como objetivo apoiar ideias, projetos e negócios promissores de qualquer cidadão, independentemente da idade e do nível de formação. A participação permite o contacto direto entre candidatos e especialistas e mentores, investidores, assim como o acesso a formação personalizada e a oportunidade de integrar um programa de pré-aceleração.

A iniciativa conta com o apoio do software online DreamShaper, uma ferramenta pedagógica e interativa que permite transformar uma ideia num plano de negócio através de um processo simples, dividido em várias etapas, abordando oportunidades de negócio, testes de conceito, planos de marketing e financeiros, com recurso a vídeos tutoriais, exemplos e um glossário.

A última edição do concurso Acredita Portugal registou 13.093 ideias de negócio. No total das edições, mais de 120.000 portugueses já participaram no concurso Acredita Portugal.

Podem inscrever-se todos os cidadãos de nacionalidade portuguesa, cidadãos descendentes em primeiro ou segundo grau de parentesco de nacionais portugueses, e cidadãos que residam em território português com título válido de autorização de residência.

Os 150 semi-finalistas são seleccionados a 1 de abril de 2017. Na fase seguinte, ficam apenas os 21 finalistas. A cerimónia de entrega de prémios acontece a 2 de Junho de 2017. O Concurso conta, entre outros, com parceiros como a Brisa, Fundação PT, Microsoft, Sage, SIC Notícias e DNS.pt

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *