QNAP desenvolve Ubuntu nos seus NAS com parceria com a Canonical


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A QNAP anunciou uma parceria com a Canonical que irá oferecer uma plataforma avançada para o desenvolvimento de serviços e aplicações para a Internet das Coisas (IoT) usando tanto o sistema operativo Ubuntu como o QTS.

Canonical e a QNAP irão cooperar no sentido de fornecer, promover e habilitar a criação de um ecossistema de aplicações IoT para ambientes empresariais, domésticos e de PMEs.

A QNAP potencia o seu sistema operativo para NAS, QTS, com a sua plataforma de virtualização integrada, matura e completa, e através dela integra o sistema operativo Ubuntu de forma a oferecer uma plataforma de desenvolvimento completa e familiar para criadores de software. Os utilizadores poderão desta forma desfrutar simultaneamente de uma grande variedade de apps a partir do QTS App Center e de serviços diversificados disponíveis no Ubuntu.

Utilizando o Ubuntu 16.04 LTS, os utilizadores de NAS da QNAP serão capazes de aceder a uma intuitiva experiência de computação de desktop com um conjunto completo de aplicações de produtividade e entretenimento.

A escolha da mais recente versão de Ubuntu também permite aos desenvolvedores criarem aplicações e tirarem partido delas utilizando o formato “snap packaging”, oferecendo aos utilizadores serviços mais seguros e fiáveis para computadores, servidores e dispositivos móveis e IoT. Este formato universal de aplicações é particularmente popular no Ubuntu Core, a versão embebida do Ubuntu, abrindo assim a porta a um mundo de aplicações IoT nos NAS da QNAP.

As duas empresas irão também encorajar a criação de aplicações IoT para NAS usando o novo formato “snap”. Os NAS da QNAP oferecem armazenamento pessoal altamente seguro o que os torna no gateway privado ideal para IoT, numa completa plataforma de desenvolvimento local e numa solução na nuvem dedicada e fiável.

“O principal benefício da utilização do Ubuntu 16.04 LTS e dos ‘snaps’ é que os desenvolvedores podem criar as suas aplicações num formato único que irá funcionar quer em desktop quer em IoT – o que reduz de forma dramática os custos ligados à gestão multi-plataforma, migração e reengenharia”, disse a propósito Mark Shuttleworth, fundador da Canonical.

O QNAP Linux Station v1.1.893 está disponível a partir do QTS App Center com suporte total para o mais recente Ubuntu 16.04 LTS. Instale o Ubuntu 16.04 para desfrutar do leque de serviços em Ubuntu e iniciar o desenvolvimento de aplicações desktop e IoT usando o formato “snap”. A QNAP e a Ubuntu apresentaram a sua solução na Computex 2016, demonstrando um número de aplicações desktop e IoT.

Nota: O Linux Station requer um NAS da QNAP com pelo menos 4GB de RAM.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *