Commvault atinge record nos resultados do quarto trimestre do ano fiscal 2016


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Commvault anuncia os resultados financeiros do quarto trimestre e ano fiscal 2016 que terminou a 31 de março.

As receitas totais para o quarto trimestre fiscal de 2016 foram de 159,6 milhões de dólares, o que representa um aumento de 6% face ao ano passado (8% em moeda constante), e 2% de forma sequencial. As receitas por software foram de 73,3 milhões de dólares, com um crescimento de 5% face ao ano anterior, mais 3% de forma sequencial e um crescimento de 6% se a moeda tivesse permanecido estável. As receitas por serviços foram de 86,2 milhões dólares, com um crescimento de 7% anual, 2% de forma sequencial e 9% sem instabilidade da moeda.

Para o ano fiscal completo, as receitas totais foram de 595,1 milhões de dólares, o que representa uma quebra de 2% face ao 2015. Com moeda constante, as receitas teriam crescido 3% face ao ano anterior. As receitas por software para o ano completo foram de 258,8 milhões, menos 9% que em 2015. Com moeda constante, esta cifra teria sido de 4%. As receitas por serviços para o ano fiscal de 2016 foram de 336,3 milhões, o que representa um incremento de 4% face a 2015. Com moeda constante, o crescimento teria sido de 9%.

Com base GAAP, os lucros por operações (EBIT) cresceram 95%, alcançando os 9,3 milhões de dólares, face aos 4,8 milhões do ano anterior. Os lucros por operações não GAAP aumentaram para os 26,2 milhões no quarto trimestre, contra os 20,3 milhões obtidos no quarto trimestre do ano anterior.

Com base GAAP, os lucros por operações (EBIT) para o ano fiscal completo foram de 2,0 milhões de dólares. Os lucros por operações não GAAP decresceram para os 67,3 milhões em comparação com os 104,7 milhões do ano fiscal 2015.

Para o quarto trimestre fiscal de 2016, a Commvault reporta lucros líquidos GAPP de 5,8 milhões de dólares. Os lucros líquidos não GAAP do trimestre foram de 16,6 milhões de dólares, ou de 0,36 dólares diluídos por ação, face aos 12,8 milhões ou 0,27 dólares do mesmo período do ano passado.

Para o ano fiscal completo, a Commvault obteve um lucro líquido de 0,1 milhões. O lucro líquido não GAAP para o ano fiscal completo foi de 42,4 milhões, ou 0,91 dólares diluídos por ação, face aos 66,0 milhões, ou 1,41 dólares diluídos por ação do ano fiscal 2015.

O fluxo de caixa operativo atingiu os 37,2 milhões de dólares para o quarto trimestre do ano fiscal 2016, o que representa um aumento de 1,2 milhões, ou 3% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Para o ano fiscal completo, o fluxo de caixa operativo foi de 84,4 milhões, face aos 123,8 milhões do ano anterior. As receitas totais e os investimentos a curto prazo foram de 387,2 milhões de dólares à data de 31 de março de 2016, face aos 387,6 milhões a 31 de março de 2015. Durante o trimestre, a empresa recomprou 56,9 milhões de ações ordinárias (1,60 milhões de ações), sendo que em todo o ano fiscal 2016 a empresa já recomprou 91,5 milhões de dólares (2,56 milhões de ações). À data de 3 de maio de 2016, existem 93,1 milhões disponíveis ao abrigo do programa de recompra de ações que expira a 31 de março de 2017. Não foram pedidos empréstimos contra a linha de crédito durante o ano fiscal de 2016.

No final deste comunicado, apresenta-se uma conciliação dos resultados GAAP e não GAAP em conjunto com a explicação destas métricas.

Últimas operações de negócio em destaque

• A 15 de março de 2016, a Commvault anunciou um acordo com a Forsythe Hosting Solutions e Hitachi Data Systems para proporcionar uma solução de backup e recuperação de software como serviço (BaaS) de nível empresarial e capaz de funcionar em nuvens híbridas. A solução está pensada para empresas que queiram libertar o pessoal de TI das responsabilidades de backup e recuperação. A solução combina a plataforma de dados e o software de nova geração da Commvault, as soluções de infraestruturas definidas por software da Hitachi Data Systems e os serviços geridos e de hosting da Forsythe.

• Também em março, a Commvault anunciou o lançamento do “Commvalt Remote Managed Services” para dar aos clientes a opção de suportar e gerir ambientes de software Commvault através dos serviços geridos remotamente da empresa. Esta oferta também está disponível através dos parceiros da Commvault.

• Em 9 de março, a empresa também anunciou a introdução de inovações na “Commvault Data Platform”, com o objetivo de proporcionar aos clientes uma forma holística, altamente escalável e rentável de armazenar, aceder e recuperar dados críticos, tanto nas instalações da empresa como na nuvem. Estas inovações incluem maior suporte a hipervisores, a opção de armazenamento em hardware commodity e novas APIs disponíveis para ampliar o acesso aberto ao ecossistema de IntelliSnaps da Commvault. A Commvault também anunciou novos melhoramentos tecnológicos na sua gama de soluções integradas para ajudar as empresas a dar melhores serviços de suporte e gestão de big data, impulsionando ambientes de big data, como Hadoop, Greenplum e GPFS.

• Também durante este trimestre, A Commvault lançou o “Commvault Clinical Archive”, para modernizar a forma como as organizações de saúde gerem, migram e partilham dados clínicos. É a primeira solução que aborda a gestão dos dados tanto a nível clínico como a nível empresarial numa única plataforma. Após o investimento estratégico da Commvault na itek, empresa pioneira na migração rápida e em serviços de armazenamento para substituição de PACS, a Commvault desenvolveu uma solução desenhada sobre a “Commvault Data Platform” e sobre a plataforma Semperdata. Com este anúncio, a Commvault cumpre o seu compromisso de lançar ofertas específicas para cada indústria, com a saúde como primeiro foco.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *