Securing Smart Cities dá as pautas para a segurança das cidades inteligentes


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A  Securing Smart Cities acaba de publicar uma compilação das principais recomendações pautas sobre a segurança da informação destinada ao Departamento Smart City (SCD) de cada cidade. Este guia tem como objetivo proporcionar às organizações, públicas e privadas, as bases para proteger a informação do SCD, além de apoiar a promoção e a difusão dos serviços da Smart City.

Nas cidades inteligentes, a segurança da informação representa um papel muito importante, tanto para a proteção dos níveis de confidencialidade, disponibilidade e integridade, como também na estabilidade dos serviços e das organizações nacionais, em ambientes inteligentes sustentáveis e habitáveis. Este guia proporciona os elementos chave que uma organização necessita de ter em conta ao definir o papel do Departamento Smart City, com o objetivo de obter a melhor segurança e resiliência: da importância da adoção da tecnologia, à qualidade dos serviços e ao cumprimento da legislação, passando pela eficiência e sustentabilidade das operações.

“Estas pautas são mais um passo em frente da iniciativa Securing Smart Cities (SSC). Estamos a tratar de entender melhor os requisitos das cidades inteligentes, através do desenvolvimento de conhecimentos úteis e do intercâmbio de experiências com os responsáveis pelo desenvolvimento e gestão das smart cities. Este documento baseia-se na experiência dos membros da comunidade SSC envolvidos na cibergestão em larga escala, assim como de outros especialistas em segurança: desde pessoal encarregue de testes de intrusão a peritos em segurança industrial”, sublinha Mohammad Amin Hasbini, membro da iniciativa Securing Smart Cities e especialista em segurança da Kaspersky Lab.

“Em linha com os nossos esforços para proporcionar recursos práticos às organizações, a iniciativa Securing Smart Cities lançou novas diretrizes com valiosas recomendações para tornar as nossas cidades atuais e futuras mais seguras”, declara Cesar Cerrudo, membro da Securing Smart Cities e diretor de tecnologia da IOActive.

O guia: “O papel da cibersegurança para o Departamento Smart City e suas repercussões” inclui:

• Departamento de Smart City (SCD)
• Responsabilidades de cibersegurança do SCD
– Governo e apoio à liderança
– Apoio à infraestrutura
– Otimização da gestão de riscos
– Apoio legal
– Informação de ameaças de colaboração

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *