Siemens tem o maior sistema de controlo de tráfego do mundo alojado na cloud


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Siemens é responsável pelo sistema de controlo de tráfego baseado na cloud com o maior número de dispositivos sob gestão, a nível mundial – o Sitraffic smartGuard. Este sistema está a ligar mais de 5.000 instalações de semáforos, 12.000 detetores, 250 parques de estacionamento e 50 autocarros em 18 países.

As comunidades que optem por este sistema colhem enormes benefícios, desde poderem monitorizar e controlar os seus sistemas de tráfego através de qualquer dispositivo móvel com capacidade para Internet (smartphone, tablet ou PC), passando pelo facto não necessitarem de instalar qualquer hardware para suportar o seu sistema de controlo de tráfego.

Com a solução Sitraffic smartGuard da Siemens, as cidades e os municípios mais pequenos podem construir sistemas de controlo de tráfego virtuais, baseados na Web, sem terem de investir em hardware dispendioso. Este sistema é totalmente administrado pela sede da Siemens em Munique, e os municípios pagam apenas pelas funcionalidades que utilizam.

Isto é possível graças, em parte, a um novo controlador desenvolvido pela Siemens (Sitraffic sX) que pode ser alojado nos armários cinzentos situados junto às estradas e que controlam os semáforos nos cruzamentos. Os utilizadores autorizados podem ligar-se ao novo centro de controlo de tráfego smartGuard através de uma nuvem privada, ou seja, um ambiente informático seguro, e aceder ao novo controlador a partir daí, tão facilmente como se estivessem em frente ao armário, na rua.

O smartGuard elimina a necessidade de um centro de controlo de tráfego dispendioso, uma vez que este software fornece as funcionalidades indispensáveis para monitorizar e controlar o tráfego de pequenas e médias cidades e para proteger as operações realizadas.

Graças a esta tecnologia, as autoridades municipais podem utilizar os seus terminais móveis para aceder virtualmente a um sistema de controlo de tráfego centralizado. Em segundos, podem aceder e controlar os seus sistemas de semáforos, detetores, sensores diversos e parques de estacionamento a partir de qualquer ponto do globo – no caso, por exemplo, de necessitarem de introduzir definições de semáforos especiais. O sistema tem vindo a alargar a sua abrangência sendo que outros dispositivos de apoio à mobilidade poderão vir a ser igualmente ligados. Sistemas como docas de bicicletas partilhadas, câmaras de reconhecimento de matrículas, sistemas de fiscalização automática de infrações, entre muitos outros, estarão igualmente acessíveis a partir deste sistema no futuro.

 O Sitraffic smartGuard está já a ser utilizado em Portugal. Cidades como Lisboa, Porto e Loulé (Vilamoura) já utilizam este sistema.

 Vantagens também na fase da manutenção

Em caso de avaria, a função “Alarme de serviço” envia uma mensagem de erro ao técnico de serviço local, que pode ligar-se com um tablet, acedendo à nuvem privada, para começar a solucionar o problema. Da mesma forma, o técnico pode aceder ao controlador de tráfego através da Internet e verificar que peça sobressalente é necessária, bem como o nível de urgência com que a substituição tem de ser efetuada.

Também no que respeita à manutenção e evolução do sistema, a cidade não precisa de fazer investimentos adicionais uma vez que toda a lógica da solução, baseada numa comunidade de utilizadores, assegura que qualquer correção ou evolução é introduzida centralmente e disponibilizada, simultânea e automaticamente, a todos os subscritores do serviço.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *