Equipamentos de impressão digital a cores da Ricoh recebem prémio BLI PRO e lideram o mercado europeu


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Ricoh acaba de anunciar que as suas impressoras de produção digital a cores Pro C7110X e Pro C9110 foram distinguidas com os 2016 Buyers Laboratory LLC (BLI) PRO Awards.

Esta notícia surge no seguimento dos mais recentes dados da consultora infoSource que mostram que a marca manteve o primeiro lugar em unidades vendidas na categoria Digital Color Press na Europa Ocidental. A Ricoh obteve uma quota de mercado de 39,5% em 2015, deixando o concorrente mais próximo no patamar de 20,6%. Categoria, esta, que representou um total de 6547 equipamentos na Europa, sendo que a Ricoh vendeu 2583 unidades.

Benoit Chatelard, Vice-Presidente de Production Printing da Ricoh Europa recebe um prémio de David Sweetnam, Diretor dos Serviços de Investigação e Laboratório do BLI para a Região EMEA.

“Os prémios BLI atribuídos à Ricoh Pro C7110X e Pro C9110, aliado com os dados de mercado da infoSource, comprovam o sólido posicionamento da marca na Europa. Centenas de clientes na área de impressão comercial e gráfica escolheram apostar nestes novos equipamentos para os ajudar a atingir níveis superiores em criatividade, qualidade e produtividade. Hoje podem oferecer mais serviços aos seus clientes e assim reforçar o seu negócio digital,” afirma Jorge Silva, Diretor de Marketing da Ricoh Portugal.

Os testes exigentes do BLI revelam os atributos que distinguem os equipamentos com melhor desempenho. Como destaque nesta análise e desde o início do programa de testes BLI, estes equipamentos da Ricoh foram os únicos modelos a obter a classificação 5 estrelas no processamento de suportes de impressão.

A Ricoh Pro C9110 foi distinguida com o BLI 2016 PRO Award

“Outstanding Mid- to High-Volume Colour Production Device” pelos seguintes pontos:

  • Desempenho superior em termos de velocidade, quando comparada com toda a gama de suportes de impressão da concorrência.
  • Suporte de gramagens até 400g/m2, mesmo em duplex e a partir de todas as entradas de papel.
  • Excecional processamento de suportes de impressão, incluindo uma capacidade máxima de papel superior à da dos principais equipamentos concorrentes em mais do dobro, proporcionando períodos mais longos de operação ininterrupta.
  • A melhor oferta de opções de acabamento integrado, incluindo unidade de encadernação térmica, empilhador de grande capacidade, finalizador de folhetos com preenchimento total das quatro margens e encadernação com argolas.
  • Impressionante consistência da cor, sem desvios nas cores acima de Delta E 3,3 ao longo de um trabalho de impressão de 1000 páginas, tanto em papel revestido, como em papel não revestido.
  • Excelente reprodução de detalhes finos na produção em cor integral, particularmente nas áreas de contraste e muito boa profundidade.

Destacando que a Ricoh Pro C9110 é o equipamento de produção folha a folha mais rápido da marca até à data, David Sweetnam, Diretor dos Serviços de Investigação e Laboratório do BLI para a Região EMEA, afirmou que a capacidade de manter a velocidade de 130ppm até na gramagem máxima de 400g/m2 “impõe uma enorme distância entre este modelo e os seus rivais mais próximos, trazendo-o para um novo patamar onde pode competir em alguns fluxos de trabalho com equipamentos de produção com custo muito superior.”

“Com uma excecional produtividade e processamento de suportes de impressão, a Ricoh Pro C9110 estabeleceu vários novos pontos de referência para os quais a concorrência terá de olhar e será certamente uma proposta muito interessante para muitos ambientes de impressão comercial e reprografia,” acrescenta o analista sénior do BLI, Ian Latham.

A Ricoh Pro C7110X foi distinguida com o BLI 2016 PRO Award

“Outstanding Light-to Mid-Volume Colour Production Device” pelos seguintes pontos:

  • Unidade de 5ª cor (disponível nas configurações X e SX), que oferece uma panóplia de opções criativas não disponíveis em alternativas de quatro cores, através do branco opaco ou verniz localizado.
  • Excelente produtividade especialmente com suportes de gramagens elevadas, mantendo a sua velocidade máxima de 90ppm até 300g/m2, ultrapassando equipamentos da concorrência.
  • Períodos de operação longos e ininterruptos graças à sua capacidade máxima de papel que é mais do dobro da capacidade das unidades da concorrência.
  • A melhor gama de opções de acabamento integrado, incluindo unidade de encadernação térmica, finalizador de folhetos com preenchimento total das quatro margens e encadernação com argolas.
  • Impressionante consistência da cor, sem desvios nas cores acima de Delta E 3,9 ao longo de um trabalho de impressão de 1000 páginas, tanto em papel revestido como em papel não revestido.
  • A melhor densidade de preto sólido, apresentando uma menor variação tanto em papel revestido, como em papel não revestido, no teste de 1000 páginas com elevada percentagem de preenchimento.

“O Ricoh Pro C7110X apresentou um desempenho muito forte no teste de produção do BLI” acrescentou David Sweetnam. “A 5ª unidade de cor é revolucionária, pois permite uma diferenciação clara em relação aos restantes equipamentos folha a folha da sua classe, oferecendo uma gama de opções criativas que não se encontram nas alternativas de impressoras de quatro cores.”

O analista sénior do BLI, Ian Latham, acrescentou “A Ricoh Pro C7110X merece sem dúvida a classificação de cinco estrelas não só pela sua produtividade mas também pelo processamento de suportes de impressão até 350g/m2 em duplex e mantém a velocidade máxima até 300g/m2 – já para não falar do suporte de impressão de banners até 700mm de comprimento, de um catálogo de suportes de impressão com elevado nível de personalização e a integração com servidores de cor EFI.”

 

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *