EMC Portugal volta a estar no top das melhores empresas para trabalhar


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A EMC Portugal foi considerada pelo Great Place to Work Institute a segunda melhor empresa para trabalhar, na categoria de instituição com menos de 100 colaboradores.

Pelo terceiro ano consecutivo, a EMC Portugal participou neste conceituado ranking, tendo conseguido ficar sempre no Top 3 das empresas até 100 colaboradores. O Great Place to Work Institute conduz todos os anos um estudo onde são destacadas as melhores práticas de gestão de pessoas e os melhores ambientes de trabalho. Os primeiros classificados são reconhecidos por apresentarem uma gestão de excelência e uma perceção, por parte dos colaboradores, de uma qualidade de ambiente de trabalho acima da média. O Great Place to Work Institute divide a classificação tendo em conta a dimensão das empresas, nomeadamente empresas com menos de 100 colaboradores, de 100 a 250 e por fim empresas com mais de 250 colaboradores.

Para Isabel Reis, Diretora Geral da EMC Portugal, “foi com grande orgulho que a EMC Portugal voltou a estar no TOP 3 do ranking das melhores empresas, desta feita em 2º lugar. É o reflexo do trabalho que temos vindo a realizar de modo a dotar a nossa empresa das características que entendemos em função do feedback que recebemos, dos nossos colaboradores que são importantes para nos tornar numa das melhores empresas para se trabalhar no mercado. A flexibilidade do local de trabalho, o bom ambiente, a preocupação social, a preocupação em criar as condições para uma vida pessoal/profissional mais balanceada, são algumas das características que consideramos fundamentais, para se ser uma empresa GPTW ”.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *