EMC Portugal terminou o ano de 2015 com um crescimento de um dígito na sua faturação


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A EMC Portugal terminou o ano de 2015 com um crescimento de um dígito na sua faturação. Apesar da retração em alguns sectores no mercado português, devido à crise económico-financeira, a empresa continua a obter crescimento e um forte reconhecimento com o aumento da sua quota de mercado.

O ano de 2015 foi marcado por um crescimento de 36% na área das tecnologias emergentes, nomeadamente na tecnologia Flash, à qual as áreas de DPS (Data Protection Systems) se juntou com um crescimento de 12% e a de Serviços com 6%.

A unidade de negócio de Mid Market obteve em 2015 um crescimento record de 59%, com a aquisição de novos clientes e com o crescimento e implantação das tecnologias emergentes em clientes de base instalada nas áreas já tradicionais da EMC.

A multinacional alcançou no terceiro trimestre de 2015 uma quota de mercado de 38.3%, tendo uma média de 33.7% desde o início do ano, resultado da sua liderança de mercado na sua área de atuação. A subsidiária portuguesa detém a quota de mercado mais alta de toda a EMC EMEA.

Segundo Isabel Reis, Diretora Geral da EMC Portugal “2015 foi um ano de desafios ainda maiores para os nossos clientes e parceiros que tiveram que ao mesmo tempo que repensam a sua estratégia de IT, devido à necessidade dos negócios, iniciarem a sua transformação digital, responder aos requisitos de elevada exigência em termos de rapidez na disponibilização de recursos, com as plataformas existentes atualmente”. Foi um ano em que as empresas iniciaram a transformação do negócio e, consequentemente, a adaptação do departamento de IT a essa nova realidade. Consolidamos a nossa posição no mercado, ganhamos novos clientes e aumentamos a quota de mercado.”

Objetivos para 2016

Os objetivos da EMC Portugal em 2016 incluem continuar o seu percurso de crescimento de um dígito nas áreas tradicionais e crescimento de dois dígitos nas tecnologias emergentes, como Flash, Converged Infrastructure, SDDC, DPS, Cloud e Big Data.

Para alcançar os seus objetivos a tecnológica conta com uma equipa altamente motivada e com um portfólio de produtos e soluções de vanguarda, como a tecnologia Flash, Converged Infrastructure, Backup e Virtualização, e a recém lançada solução híper-convergente VxRail, que combina os serviços de dados e ferramentas de gestão da EMC com o software Vsphere e VSAN da VMware.

“O ano de 2016 vai ser um ano de continuidade, naquilo que diz respeito aos objectivos traçados pela EMC Corporation, em que iremos continuar a suportar os processos de transformação das TIC que foram definidos, ou mesmo iniciados, este ano. Continuaremos a garantir que as nossas equipas estão habilitadas a dar um apoio consultivo e pró-activo às organizações,“ declara ainda Isabel Reis, Diretora Geral da EMC Portugal.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *