CyberArk adquire Viewfinity e lança nova solução para proteger endpoints


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A CESCE SI tem o prazer de anunciar que a sua parceira de negócios, CyberArk Software Ltd. comprou a empresa privada Viewfinity. A transação ficou concluída durante o quarto trimestre de 2015.

A aquisição da Viewfinity permite à CyberArk remover privilégios administrativos de utilizadores empresariais e limitar os privilégios disponíveis para utilizadores e aplicações apenas ao que é necessário, permitindo correr apenas aplicações confiáveis. Com a introdução desta capacidade, as empresas conseguem deter a progressão da maioria dos ataques baseados em malware, limitando a capacidade do hacker de se mover muito para além do endpoint. A oferta da Viewfinity é disponibilizada como software local ou como solução SaaS.

“Com esta aliança, a CESCE SI também sai beneficiada, uma vez que o seu portfolio é reforçado com esta solução da CyberArk muito mais completa, que permite oferecer uma maior proteção contra ataques com origem em privilégios, cujo principal objetivo é visar utilizadores empresariais e utilizadores das TI, sendo sabido que estas são atualmente as vulnerabilidades mais frequentemente exploradas em ciber-ataques”, afirmou Pedro Vieira, Diretor de Desenvolvimento de Negócio da CESCE SI. “A solução integrada de gestão de privilégios mínimos e de controlo de aplicações da Viewfinity, combinada com a proteção de credenciais da CyberArk, irá permitir uma solução muito mais abrangente para a gestão de privilégios no endpoint, agora fornecida pelo líder consagrado em matéria de segurança de contas privilegiadas.”

“A aquisição da Viewfinity pela CyberArk representa mais um avanço na nossa estratégia de dar um passo em frente em conseguir atingir um outro nível de segurança dentro da rede, que é agora mais do que nunca necessária para proteger os recursos empresariais mais importantes, com acessos privilegiados, dos ciber-ataques”, disse Udi Mokady, presidente e CEO da CyberArk. “As vulnerabilidades derivadas dos privilégios existem em toda a infraestrutura de TI de qualquer empresa – quer seja em profundidade dentro da rede ou nos dispositivos dos utilizadores finais – e são exploradas entre 80 -100 % dos ataques avançados. A adição desta oferta da Viewfinity à solução da CyberArk estende a segurança das contas privilegiadas às fases iniciais do ciclo de ataque, reduzindo a probabilidade de uma infeção alastrada e de movimento lateral”.

A solução Viewfinity funciona com um único agente no endpoint que executa a gestão de privilégios e o controlo de aplicações, através de uma arquitetura baseada num núcleo que fornece capacidades forenses e de deteção em profundidade. A solução oferece também uma variedade de opções de implementação, permitindo às organizações escolher a estratégia mais eficaz para acelerar o time to value, simplificar processos de implementação e reduzir custos.

“A gestão de privilégios no Windows é uma parte importante de um programa de segurança de contas privilegiadas sólido e, neste momento, estamos a assistir a uma procura crescente por parte dos clientes, motivada pelos riscos e pelas exigências da legislação. Com esta tecnologia, os nossos clientes irão beneficiar de um parceiro único e de confiança com uma solução integrada para todas as necessidades de segurança de contas privilegiadas,” acrescentou Mokady.

“Estamos muito contentes por passarmos a fazer parte da CyberArk e podermos ajudar a promover a Privileged Account Security Solution como a nova camada de segurança crítica para proteger as empresas dos ciber-ataques mais prejudiciais,” declarou Gil Rapaport, presidente e co-fundador da Viewfinity. “Com a CyberArk, os clientes da Viewfinity irão ganhar com a presença global e as capacidades de suporte da empresa, com a inovação permanente e a futura integração com a plataforma CyberArk Shared Technology.”

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *