Zaask cresce 200% em 2015


shadow
Partilhe esta notícia...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestEmail this to someone

A Zaask fechou 2015 com um crescimento de 200% na sua facturação em Portugal. A empresa estima ainda um retorno de 25 milhões de euros para a comunidade de profissionais que utilizou a plataforma no ano passado, com o objetivo de aumentar o seu volume de negócios.

Em Espanha, mercado em que a startup entrou no final 2014, o crescimento também foi em ritmo acelerado, tanto em número de pedidos (que cresceram 2000%), como em registo de profissionais (em que o aumento foi de cerca de 500%).

Segundo Luís Pedro Martins, CEO da Zaask, “2015 foi um ano de grande importância do ponto de vista da consolidação e crescimento em Portugal e da expansão internacional, através da entrada no mercado espanhol. Foi importante fazermos este teste num mercado de média dimensão a nível mundial, para que os próximos passos possam ser dados de forma segura”.

O empreendedor português acrescenta ainda que “o objetivo para 2016 é acelerar o processo de internacionalização com a entrada em mercados com dimensões e níveis de competitividade diferentes, fazendo com que o negócio escale a nível mundial.”

Upgrade do produto prepara-o para a globalização

O ano de 2015 foi também, para a Zaask, um ano de foco no produto, que viu a criação de um backoffice próprio da empresa para marketing que permitirá, num futuro próximo, apoiar o crescimento sustentável das operações para outros mercados além-fronteiras de forma mais eficaz e mais rápida.

A plataforma fez ainda alterações que tiveram em conta a experiência do utilizador (cliente ou profissional), de forma a que esta fosse melhorada e fosse, ainda mais, ao encontro das suas expectativas, tornando a sua utilização da plataforma mais natural e fluída. Os clientes viram aumentar as garantias de qualidade dos profissionais que os contactam através da possibilidade de avaliarem os mesmos tendo em conta novos dados, como o seu website pessoal/profissional, as suas licenças, as redes sociais em que estam presentes, entre outros aspectos. Já os profissionais e empresas presentes na Zaask têm agora a possibilidade de mostrar o site pessoal aos potenciais clientes e, caso não tenham um, a Zaask, em parceria com a Amen, possibilita a criação de um site totalmente gratuito. Mais-valias, entre outras, que permitem ao profissional destacar-se da concorrência na hora de interagir com os clientes.

“Para nós era essencial que o processo de contratação de profissionais e de aquisição de clientes não tivesse obstáculos. Para isso, a melhoria efectuada na UX (User Experience) da Zaask durante este ano, dá-nos a confiança necessária para que o nosso restante processo de internacionalização decorra de forma natural e orgânica”, refere Kiruba Eswaran, CMO, sobre os updates efectuados ao produto.

Os serviços mais procurados

No que se refere às categorias mais pedidas pelos Portugueses, encontram-se, em primeiro lugar, os Serviços para a Casa. Em segundo lugar situa-se a categoria de Eventos e em terceiro lugar os pedidos de Bem-Estar e Design & Tecnologia.

Ainda que os Portugueses continuem muito focados nas suas necessidades ao nível da habitação, a Zaask observou, durante o ano de 2015, uma subida acentuada no número de pedidos da área de eventos e bem-estar, que elevam a importância de ter uma plataforma com diversos verticais, uma das apostas da Zaask desde o seu lançamento.

Author

Patricia Fonseca
Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *