35211 0

Startup portuguesa apoia internacionalização de insígnias de retalho

A Startup portuguesa Loyty apoiou o processo de internacionalização em 50 lojas, para Angola, Moçambique e Espanha, através das insígnias de retalho Seaside, Espaço Casa, Modalfa e Zippy, que implementaram a solução de fidelização Loyty nas suas lojas.

Tiago Borges, administrador da MO e Zippy em Moçambique, refere que o lançamento do cartão cliente com a Loyty contribuiu para construir uma posição competitiva das insígnias neste mercado, e que o cartão lhes permite não só estabelecer um compromisso com o cliente, como também construir o perfil de compra global dos seus clientes internacionais.

A estratégia da empresa para 2016 passa precisamente pela expansão para mercados internacionais através de clientes existentes, sendo o seu objetivo principal aumentar o número de clientes no mercado nacional de retalho e de luxo. Para atingir este objetivo a empresa procura ser reconhecida como o parceiro estratégico que apoia os seus clientes na rentabilização dos seus projetos de fidelização e abertura de novas lojas físicas, seja em Portugal ou lá fora. Procura também, criar parcerias estratégicas de negócio com várias empresas de consultoria, software e de comunicação nacionais.

Para Alfredo da Costa Neto, Fundador e CEO da Loyty, “A mais-valia de um software de fidelização como o Loyty está na forma eficiente de comunicar e conhecer cada cliente – que consequentemente se traduz em vendas. O facto de termos merecido a confiança dos nossos clientes para implementar a nossa solução ao nível internacional é o resultado do bom trabalho que estamos a fazer em Portugal”.

O Loyty é uma solução de software que permite interagir e monitorizar as interações dos clientes em lojas físicas, websites de e-commerce e aplicações móveis, identificando hábitos de consumo e construindo perfis de compra. Esta plataforma incentiva a fidelização de clientes e tem possibilitado o aumento das vendas, em média, entre 5 a 35%, dependendo do mercado de atuação e potencialidade de investimentos dos seus clientes.

 

 


Patricia Fonseca

Patricia Fonseca

Viciada em tecnologia, entrou para a equipa em 2012 e é responsável pela Leak Business, função que acumula com a de editora da Leak. Não dispensa o telemóvel nem o iPod e não consegue ficar sem experimentar nenhum dispositivo tecnológico.

Notícias Relacionadas

Marionete está a contratar: 8 vagas em Portugal

A Marionete, uma empresa britânica de consultoria com escritórios em Portugal e que opera nas áreas de BigData, Data Science, DevOps, IoT e Blockchain, encontra-se em processo de

IBM Cloud selecionada para app inovadora da LisboaHorizontal

A IBM Portugal e a LisboaHorizontal, uma startup na área de Smarter Transportation, acabam de assinar um protocolo de cooperação na área de cloud. Esta parceria prevê a

Startup portuguesa eSolidar levanta capital na Seedrs pela segunda vez

A eSolidar está de regresso à Seedrs pela segunda vez. Depois de, em 2016, ter protagonizado aquela que foi, na altura, a maior campanha de investimento de uma empresa

360imprimir recruta 122 pessoas até ao final do ano

A startup portuguesa 360imprimir acaba de anunciar uma nova fase de recrutamento, que inclui a contratação de 122 pessoas até ao final de 2016. Atualmente com cerca de 70

Dê a sua opinião:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *